Polêmico e talentoso

Uma das personalidades mais influentes do mundo, o chef Jamie Oliver esbanja talento para cozinhar e polemizar

joliver


Mundialmente conhecido, amado por muitos, odiado por outros tantos, James Trevor Oliver, ou simplesmente Jamie Oliver, virou febre ao cozinhar delícias de forma prática diante das câmeras. Aos 39 anos, acumula 27 séries televisivas transmitidas para quase 100 países e mais de 20 livros publicados em 30 idiomas. É dono de uma fortuna estimada em £ 150 milhões, mais de meio bilhão de reais, e comanda um grupo que hoje emprega mais de 4 mil pessoas em diversos países, da Inglaterra a Dubai.

Alcançar toda essa magnitude, porém, nem passava perto dos sonhos de Jamie. Quando começou a cozinhar, aos 16 anos, no pub da família, em Clavering, no Reino Unido, imaginava apenas um dia ter seu próprio restaurante em alguma cidadezinha britânica típica de interior.

A paixão pela gastronomia vem desde criança, quando o garoto passou a ajudar a mãe na cozinha, por volta dos sete anos. A dificuldade nos estudos, por conta da dislexia, foi o que fez o prazer virar profissão. “Nunca fui brilhante nas disciplinas acadêmicas. Então, cozinhar era a atividade que eu amava e na qual eu era bom”, conta.

Ainda adolescente, Jamie Oliver foi trabalhar no “Neal’s Yard Restaurant”, onde conheceu o chef Gennaro Contaldo, a quem considera seu grande mentor (hoje, Gennaro é o braço direito de Oliver em seus restaurantes).

O próximo passo na carreira mudaria toda a vida de Jamie. À frente da cozinha do “The River”, em Fulham, o jovem chef é notado por uma produtora da rede de TV BBC, que o convida a estrelar o programa “The Naked Chef”. O sucesso na televisão no final dos anos 90 transforma Jamie Oliver em celebridade e torna seu livro de receitas um best-seller em todo Reino Unido. Nessa mesma época, é convidado a preparar um almoço para o primeiro-ministro Tony Blair e diversas outras autoridades políticas.

Duas temporadas depois, já no Channel 4, o chef apresenta a série “Jamie’s Kitchen”, que dá origem a um de seus mais elogiados trabalhos sociais, com a criação da rede de restaurantes “Fifteen”, destinada a dar oportunidade de treinamento e carreira na gastronomia a jovens em desvantagem social. Muitos alunos formados no “Fifteen” alcançam projeção como chefs, a exemplo de Tim Siadatan, hoje coproprietário do restaurante “Trullo”, no norte de Londres.

Por seus esforços em prol da sociedade, em 2003 é condecorado “Membro do Império Britânico” pela rainha Elizabeth II. Nos anos seguintes, começa sua cruzada contra os alimentos industrializados e os fast foods. A campanha leva a uma bem-sucedida reforma no sistema de merenda escolar nos colégios britânicos, com refeições mais balanceadas, naturais e ricas em verduras e fibras.

Ao final de 2005, é eleito a “Figura Pública Mais Inspiradora da Inglaterra”. Mas também soma desafetos, como o grupo PETA (organização que luta pelo direito dos animais), que contesta o excessivo uso de carnes em suas receitas e, principalmente, o abate de um cordeiro plenamente consciente em seu programa de TV.

Oliver reforça sua ênfase na culinária fresca e alimentos nutritivos e lança a série “Ministério da Alimentação de Jamie”, em que viaja por diversas cidades para inspirar e ensinar as pessoas a comerem melhor e com mais qualidade.

Em 2008, abre seu primeiro restaurante “Jamie’s Italian”, hoje com mais de 44 unidades por toda a Inglaterra e também em Dubai, Cingapura, Rússia, Turquia e Irlanda.

Dois anos depois, Jamie Oliver inicia o seu primeiro desafio diário na televisão com“30 Minute Meal”. O programa ganha o prêmio“Best Food Show”por escolha da audiência e gera um livro que bate recorde de vendas.

Ao lado de outros chefs famosos, como Hugh Fearnley-Whittingstall e Gordon Ramsay, Jamie cria uma variedade de programas para aumentar a conscientização sobre o descarte de milhares de peixes de água salgada por parte dos pescadores. Como resposta, recebe centenas de críticas pelo uso de peixes ameaçados de extinção em suas criações.

Ainda em 2010, dá início à série “Food Revolution”, com o intuito de transformar a alimentação em outras partes do mundo. Mira, em especial, a obesidade infantil e lança guerra aos fast foods e à cadeia alimentar nos Estados Unidos. Após conversar com pais, filhos, professores e autoridades, Jamie consegue que o leite com sabor artificial seja banido dos colégios em Los Angeles. “O problema com esse leite é que ele tem mais açúcar do que uma lata de refrigerante”, explica.

De quebra, ganha um prêmio do Amy Awards. Ao mesmo tempo, coleciona novos inimigos, incluindo até mesmo alguns pais de alunos, que se revoltam com seu plano de reforma alimentar nos colégios e passam a protestar entregando junk food às crianças através do muro da escola.

Em 2011, o “Food Revolution” transforma-se em um movimento global, com ações em diversos países, incluindo o Brasil. “A proposta é elevar a saúde através de uma mudança na maneira de como você come. É um movimento de educação e conscientização alimentar”, defende Oliver.

Com a imagem mundialmente consolidada, chega ao “Culinary Hall of Fame”, no meio do ano passado. Sucesso também no Brasil, onde seus programas estão entre os de maior audiência do canal GNT, Jamie Oliver aproveita a vinda ao país para a final da Copa-2014 e anuncia a abertura da primeira unidade de seu “Jamie’s Italian” na América Latina, prevista para 2015, em São Paulo.

Antes de partir, cria mais uma de suas polêmicas, ao dizer que os doces brasileiros, como brigadeiro, beijinho e quindim “são uma porcaria, muito doces e sem sabor”. Agora é aguardar para ver se as sobremesas de seu “Jamie’s Italian”, na capital paulista, serão de fato superiores e dignas de aplauso.

RC Pasta- 180 1

New Peri Peri-197

 

 

Edição atual

capa035

Comprar versão impressa

Comprar versão digital
                                         

 

 

[+] News

22 Peças de Desejo

23 Janeiro 2019
22 Peças de Desejo

Sinônimo de estética apurada e durabilidade, elas são consideradas ícones do design e, consequentemente, sonhos de consumo

22 Peças de Desejo

23 Janeiro 2019
22 Peças de Desejo

Sinônimo de estética apurada e durabilidade, elas são consideradas ícones do design e, consequentemente, sonhos de consumo

Releitura

22 Janeiro 2019
Releitura

Dossel Florense

Prepare o Hashi

22 Janeiro 2019
Prepare o Hashi

Arte e sabor da culinária japonesa atraem fãs ocidentais

Parede Acima

22 Janeiro 2019
Parede Acima

Montanhismo exige bom físico, mas nos brinda com paisagens deslumbrantes 

É Pura Vida

22 Janeiro 2019
É Pura Vida

Costa Rica tem encantos naturais e opções de aventura

Movimento

21 Janeiro 2019
Movimento

Mesa Torsion

Referência urbana e pegada industrial

21 Janeiro 2019
Referência urbana e pegada industrial

Projeto valoriza a arte urbana, sem abrir mão de requinte e conforto

Praticidade e estilo

21 Janeiro 2019
Praticidade e estilo

Espaços bem aproveitados e cheios de estilo, sofisticação e leveza

Sincronia de idéias e materiais

21 Janeiro 2019
Sincronia de idéias e materiais

Marcado por uma mistura harmônica de estilos, projeto equilibra revestimentos modernos e mobiliário com toque provençal

Momentos em família

21 Janeiro 2019
Momentos em família

Com paleta de base neutra e o bom jogo de texturas, projeto traz sutileza, elegância e aconchego ao lar

Tramas

21 Janeiro 2019
Tramas

Linha Obsession

Lançamento Anuário IT HOME

05 Dezembro 2018
Lançamento Anuário IT HOME

Coquetel reuniu profissionais do universo arq&decor para brindar a edição especial 

Paraíso Maia

23 Novembro 2018
Paraíso Maia

Cancun tem cenário belíssimo e muita história para contar

Black Friday!

22 Novembro 2018
Black Friday!

Móveis, pendentes, revestimentos e acessórios com até 70% de desconto 

© 2017 Revista it Home | Todos os Direitos Reservados | Tel. (11) 2673-5141