A Cidade que Não Dorme

Capital do entretenimento, Las Vegas é uma festa para os sentidos

Las Vegas 1

Tentadora, extravagante, megalomaníaca, hipnotizante. Las Vegas é um sonho americano de liberdade sem limites, criando um buraco cósmico na escuridão do deserto. Ao juntar o glamour de Hollywood, dinheiro da máfia, crime e jogo legalizado, o mafioso Benjamin “Bugsy” Siegel construiu uma meca do jogo e da diversão no deserto de Nevada. Seu Flamingo Hotel, de 1946, foi o núcleo do desenvolvimento de Vegas. Levou anos para que o cassino-hotel  pudesse dar lucro, mas a partir daí nasceu a cidade que hoje se autodenomina a “Capital Mundial do Entretenimento”.

Em Vegas, há mais de 120 mil quartos de hotel, sendo que apenas um deles (o Wynn Las Vegas) consumiu U$ 2,7 bilhões em sua construção. No local em que a lendária Strip (a principal via de Las Vegas) atraía interioranos sedentos por caça-níqueis e orgias pantagruélicas nos bufês baratos, hoje Las Vegas entoa seu canto da sereia para milionários.

É na maior avenida de Vegas que estão instalados todos os grandes hotéis e cassinos, como o Flamingo e o Wynn, além do Luxor, do Exacalibur, do MGM, do Bellagio e do Stratosphere, que permite uma vista fascinante da cidade a 110 andares de altura e inclui atrações dignas de fazer qualquer montanha-russa parecer um simples passeio panorâmico.

A qualquer hora do dia, Vegas é uma festa para os sentidos. O calor do deserto vaporiza o suor e o sol radioso causa aquele olhar enviesado, característico de Clint Eastwood. Ma é a noite que o cociente esmagador embaralha suas percepções. Clones de Elvis Presley de macacões brancos se amontoam e atravessadores vendem desde serviços de acompanhantes discretas até ingressos de preço exorbitante para shows glamorosos.

As ruas ficam lotadas de Masseratis e pick-ups que passam por imagens berrantes e réplicas da Torre Eiffel e do Empire State. Já no interior dos cassinos, a muralha sonora acaba com qualquer chance de ter pensamentos racionais. Os ruídos dos caça-níqueis se juntam ao coro de frequentadores lunáticos, sob a batuta do Marquês de Sade. Alias, jogatinas e luxúria em overdose são marcas de Vegas – e acabaram rendendo a ela o apropriado apelido de “Cidade do Pecado”.

Entre dados, roletas e muitos drinques, só tome cuidado para não acordar de ressaca e casado, um dos clichês pelos quais Las Vegas é conhecida e retratada. O que não faltam são capelas que oferecem cerimônias-relâmpago para os mais apressados – sóbrios ou nem tanto. Loucuras como essa são responsáveis pelo código de conduta mais repetido em todos os cantos da cidade: “O que acontece em Vegas, fica em Vegas”.

E se ganhar algum dinheiro ou não perdê-lo todo em jogatina, vale investir num passeio de helicóptero sobre o Grand Canyon (a 195 km de Vegas). Por cerca de US$ 500 é possível sobrevoar o Lago Mead (o maior lago artificial do país) e a Hoover Dam, vista em filmes como “Transformers” e descer no cânion para um rápido piquenique (nos voos da manhã) ou assistir ao lindo anoitecer sobre a Strip toda iluminada (nos voos da tarde).

Las Vegas 2

Las Vegas 3

Las Vegas 4

Las Vegas 5

Las Vegas 6

Edição atual



capa032

[+] News

Prático, funcional e integrado

14 Setembro 2018
Prático, funcional e integrado

Bem arejado, projeto prioriza espaços com boa circulação e iluminação natural

Ao Ar Livre

13 Setembro 2018
Ao Ar Livre

Linha Tibbo

Cidade de Constantino

13 Setembro 2018
Cidade de Constantino

Berço da civilização, Istambul, na Turquia, foi capital dos impérios Romano e Otomano

Paulo Mendes da Rocha

13 Setembro 2018
Paulo Mendes da Rocha

Arquiteto é tema de exposição no Itaú Cultural

7 truques para ampliar espaços

12 Setembro 2018
7 truques para ampliar espaços

Arquiteta Cristiane Schiavoni lista soluções simples para trazer amplitude visual

Forma e Função

12 Setembro 2018
Forma e Função

Mesas de apoio da linha Sun

Paraíso High Tech

11 Setembro 2018
Paraíso High Tech

Tóquio é o exemplo de uma megalópole bem organizada e cheia de contrastes

Antes & Depois

11 Setembro 2018
Antes & Depois

Área gourmet é reformulada e segue estilo industrial, com uma leve pegada retrô

5 dúvidas sobre...sala de jantar

11 Setembro 2018
5 dúvidas sobre...sala de jantar

Arquiteta Nicole Finkel responde 

Giro Décor

06 Setembro 2018
Giro Décor

Visitamos as duas unidades da Loeil, em São Paulo

Luz & Design

05 Setembro 2018
Luz & Design

Luminárias, pendentes e abajures para diferentes estilos de ambientes

Minimalismo

05 Setembro 2018
Minimalismo

Mesa Lateral Cloe

Subway-Tiles

05 Setembro 2018
Subway-Tiles

Porcelanato Grid

Entrevistamos os designers do atelie oï

04 Setembro 2018
Entrevistamos os designers do atelie oï

Trio suíço é tema de exposição no Museu da Casa Brasileira  

Décor Sustentável

04 Setembro 2018
Décor Sustentável

Gamela Corte da Terra

© 2017 Revista it Home | Todos os Direitos Reservados | Tel. (11) 2673-5141