Ícone da perfeição

Sinônimo de alta precisão, Rolex é símbolo de refinamento e estilo de vida dinâmico

Rolex 1

Protagonista absoluta da indústria suíça de relógios, a Rolex conquistou inigualável reputação mundial em termos de qualidade e expertise. Pioneira no desenvolvimento de relógios de pulso, a grife é responsável por muitas inovações que marcaram a história da relojoaria contemporânea.

Parte do sucesso e prestígio deve-se aos valores herdados de seu fundador, Hans Wilsdorf, e às exigências que ele incansavelmente promovia: espírito empreendedor e visionário, busca constante pela inovação e paixão pela perfeição.

Embora no inicio do século XX os relógios de bolso fossem a norma, Wilsdorf já vislumbrava as vantagens de usá-los no pulso, mesmo sabendo que não eram suficientemente precisos e que ainda eram vistos como joias essencialmente femininas.

Depois de mudar-se para Londres – na época capital econômica e financeira do mundo - Hans Wilsdorf fundou com o cunhado, em 1905, a empresa encomendava os componentes a fabricantes suíços. Entre eles, a Maison Aegler, sediada em Biel, que mais tarde se tornaria a Manufacture des Montres Rolex S.A.

Rolex 2

Pressentindo a importância do conceito de marca, Hans Wilsdorf criou, em 1908, o nome Rolex para assinar seus produtos. Ainda hoje, os critérios definidos por ele revelam uma surpreendente modernidade: nome curto, com cinco letras no máximo; fácil de pronunciar em qualquer idioma; com sonoridade agradável; fácil de memorizar; harmônico para ser gravado no mostrador e no mecanismo do relógio.

Em 1914, um Rolex obteve prestigio Kew Observatory o certificado de precisão “classe A”, distinção até então reservada a cronômetros da Marinha. A conquista deste certificado foi a prova de que um relógio de pulso podia oferecer um alto nível de precisão cronométrica. Restava o desafio da impermeabilidade.

Doze anos depois os esforços de Hans Wilsdorf foram coroados de sucesso com a invenção do Rolex Oyster. A caixa, equipada com um engenhoso sistema penteado de rosqueamento da luneta, do fundo e da coroa, era proteção otimizada para o mecanismo.

Criativo Wilsdorf teve uma ideia revolucionária em 1927: submeter o Oyster a uma prova de fogo e, assim, comprovar suas qualidades. De que outra maneira poderia ele divulgar aos quatro ventos a supremacia de seus relógios? Assim, a jovem nadadora inglesa Mercedes Gleitze atravessou o Canal da Mancha a nado, usando um Oyster no pulso. Após mais dez horas, o relógio alcançou a outra margem em perfeito estado.

Rolex 4

Em 1931, a Rolex inventou o primeiro sistema de corda automática com rotor perpetual, dispositivo que permitia o funcionamento contínuo do relógio, acionado pelos próprios movimentos do pulso. Foi este engenhoso sistema que deu origem a todos os relógios automáticos modernos.

A velocidade também faz parte do banco de ensaios da Rolex. Em 1935, ao volante do Bluebird e com um relógio Oyster no pulso, Sir Malcolm Campbell foi o primeiro piloto a atingir o marco simbólico de 300 milhas por hora (cerca de 480 km/h). em 1947, o primeiro homem – também usando um Oyster – rompe a barreira do som ao comando de um avião-foguete. Em ambos os casos, o relógio foi submetido a forte aceleração e vibração de extrema intensidade, suportando-as sem que suas qualidades fossem alteradas.

Em 1956, foi a vez do lançamento do Oyster Perpetual Milgauss, projetado para resistir a campos magnéticos. O modelo ganhou destaque principalmento ao ser usado por cientistas da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN), situado em Genebra. Em 1963, a Rolex lançou o Cosmograph Daytona, cronógrafo equipado de luneta com escala taquimétrica, capaz de ler intervalos de tempo e calcular uma velocidade média.

O ano de 1960 foi marcado pelo falecimento de Hans Wilsdorf. Graças à genialidade desse grande homem, o legado da vasta obra que ele deixou pôde ser perpetuado: a Fundação Hans Wilsdorf, criada por ele em 1945 em Genebra, tornou-se proprietária da empresa. Com essa estrutura, a Rolex manteve total independência e pôde continuar a se desenvolver, perpetuando o espirito empreendedor e visionário de seu fundador.

Com André J. Heiniger e depois com seu filho Patrick, a Rolex consolidou-se internacionalmente, transformando-se em uma grife de relógios universal de grande prestigio. Mas somente nos anos 2000 a Rolex voltaria a lançar um relógio com o DNA da marca. O Oyster Perpetual Cosmograph Daytona trazia um novo mecanismo equipado com a aspiral Parachrom. O material, composto por nióbio, zircônio e oxigênio, apresenta a vantagem de ser dez vezes mais resistente a choques que as aspirais tradicionais, além de ser imune a campos magnéticos.

Rolex 3

A Rolex voltou a inovar nas funções oferecidas pelos relógios em 2007, com o cronógrafo de regata Oyster Perpetual Yacht-Master II, primeiro relógio do mundo equipado com uma contagem regressiva programável com memoria mecânica.

Em 2012, a marca lançou um modelo inédito: o Oyster Perpetual Sky-Dweller. De linhas clássicas, foi projetado para grandes viajantes. A majestosa caixa de 42 mm apresenta dois fusos horários de utilização simples e intuitiva, bem como um calendário anual denominado Saros, que só necessita uma correção de data por ano.

Nesse mesmo ano, fiel a sua paixão pela exploração submarina, a Rolex participou ativamente da expedição do cineasta e explorador James Cameron em parceria com a National Geographic Society. Um relógio Rolex fixado ao braço articulado do submersível acompanhou James Cameron durante todo o mergulho e funcionou com precisão a 10.908 metros.

Agora sob o comando de Gian Riccardo Marini, a marca prossegue na direção definida pelos valores imutáveis e pela imagem da excelência e prestigio alcançada. Assim, a Rolex e o Oyster continuam a escrever algumas das mais fascinantes paginas da historia da indústria relojoeira. A cada hora, cada minuto, cada instante.

Rolex 5

Edição atual

capa035

Comprar versão impressa

Comprar versão digital
                                         

 

 

[+] News

22 Peças de Desejo

23 Janeiro 2019
22 Peças de Desejo

Sinônimo de estética apurada e durabilidade, elas são consideradas ícones do design e, consequentemente, sonhos de consumo

22 Peças de Desejo

23 Janeiro 2019
22 Peças de Desejo

Sinônimo de estética apurada e durabilidade, elas são consideradas ícones do design e, consequentemente, sonhos de consumo

Releitura

22 Janeiro 2019
Releitura

Dossel Florense

Prepare o Hashi

22 Janeiro 2019
Prepare o Hashi

Arte e sabor da culinária japonesa atraem fãs ocidentais

Parede Acima

22 Janeiro 2019
Parede Acima

Montanhismo exige bom físico, mas nos brinda com paisagens deslumbrantes 

É Pura Vida

22 Janeiro 2019
É Pura Vida

Costa Rica tem encantos naturais e opções de aventura

Movimento

21 Janeiro 2019
Movimento

Mesa Torsion

Referência urbana e pegada industrial

21 Janeiro 2019
Referência urbana e pegada industrial

Projeto valoriza a arte urbana, sem abrir mão de requinte e conforto

Praticidade e estilo

21 Janeiro 2019
Praticidade e estilo

Espaços bem aproveitados e cheios de estilo, sofisticação e leveza

Sincronia de idéias e materiais

21 Janeiro 2019
Sincronia de idéias e materiais

Marcado por uma mistura harmônica de estilos, projeto equilibra revestimentos modernos e mobiliário com toque provençal

Momentos em família

21 Janeiro 2019
Momentos em família

Com paleta de base neutra e o bom jogo de texturas, projeto traz sutileza, elegância e aconchego ao lar

Tramas

21 Janeiro 2019
Tramas

Linha Obsession

Lançamento Anuário IT HOME

05 Dezembro 2018
Lançamento Anuário IT HOME

Coquetel reuniu profissionais do universo arq&decor para brindar a edição especial 

Paraíso Maia

23 Novembro 2018
Paraíso Maia

Cancun tem cenário belíssimo e muita história para contar

Black Friday!

22 Novembro 2018
Black Friday!

Móveis, pendentes, revestimentos e acessórios com até 70% de desconto 

© 2017 Revista it Home | Todos os Direitos Reservados | Tel. (11) 2673-5141