Ícone da perfeição

Sinônimo de alta precisão, Rolex é símbolo de refinamento e estilo de vida dinâmico

Rolex 1

Protagonista absoluta da indústria suíça de relógios, a Rolex conquistou inigualável reputação mundial em termos de qualidade e expertise. Pioneira no desenvolvimento de relógios de pulso, a grife é responsável por muitas inovações que marcaram a história da relojoaria contemporânea.

Parte do sucesso e prestígio deve-se aos valores herdados de seu fundador, Hans Wilsdorf, e às exigências que ele incansavelmente promovia: espírito empreendedor e visionário, busca constante pela inovação e paixão pela perfeição.

Embora no inicio do século XX os relógios de bolso fossem a norma, Wilsdorf já vislumbrava as vantagens de usá-los no pulso, mesmo sabendo que não eram suficientemente precisos e que ainda eram vistos como joias essencialmente femininas.

Depois de mudar-se para Londres – na época capital econômica e financeira do mundo - Hans Wilsdorf fundou com o cunhado, em 1905, a empresa encomendava os componentes a fabricantes suíços. Entre eles, a Maison Aegler, sediada em Biel, que mais tarde se tornaria a Manufacture des Montres Rolex S.A.

Rolex 2

Pressentindo a importância do conceito de marca, Hans Wilsdorf criou, em 1908, o nome Rolex para assinar seus produtos. Ainda hoje, os critérios definidos por ele revelam uma surpreendente modernidade: nome curto, com cinco letras no máximo; fácil de pronunciar em qualquer idioma; com sonoridade agradável; fácil de memorizar; harmônico para ser gravado no mostrador e no mecanismo do relógio.

Em 1914, um Rolex obteve prestigio Kew Observatory o certificado de precisão “classe A”, distinção até então reservada a cronômetros da Marinha. A conquista deste certificado foi a prova de que um relógio de pulso podia oferecer um alto nível de precisão cronométrica. Restava o desafio da impermeabilidade.

Doze anos depois os esforços de Hans Wilsdorf foram coroados de sucesso com a invenção do Rolex Oyster. A caixa, equipada com um engenhoso sistema penteado de rosqueamento da luneta, do fundo e da coroa, era proteção otimizada para o mecanismo.

Criativo Wilsdorf teve uma ideia revolucionária em 1927: submeter o Oyster a uma prova de fogo e, assim, comprovar suas qualidades. De que outra maneira poderia ele divulgar aos quatro ventos a supremacia de seus relógios? Assim, a jovem nadadora inglesa Mercedes Gleitze atravessou o Canal da Mancha a nado, usando um Oyster no pulso. Após mais dez horas, o relógio alcançou a outra margem em perfeito estado.

Rolex 4

Em 1931, a Rolex inventou o primeiro sistema de corda automática com rotor perpetual, dispositivo que permitia o funcionamento contínuo do relógio, acionado pelos próprios movimentos do pulso. Foi este engenhoso sistema que deu origem a todos os relógios automáticos modernos.

A velocidade também faz parte do banco de ensaios da Rolex. Em 1935, ao volante do Bluebird e com um relógio Oyster no pulso, Sir Malcolm Campbell foi o primeiro piloto a atingir o marco simbólico de 300 milhas por hora (cerca de 480 km/h). em 1947, o primeiro homem – também usando um Oyster – rompe a barreira do som ao comando de um avião-foguete. Em ambos os casos, o relógio foi submetido a forte aceleração e vibração de extrema intensidade, suportando-as sem que suas qualidades fossem alteradas.

Em 1956, foi a vez do lançamento do Oyster Perpetual Milgauss, projetado para resistir a campos magnéticos. O modelo ganhou destaque principalmento ao ser usado por cientistas da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN), situado em Genebra. Em 1963, a Rolex lançou o Cosmograph Daytona, cronógrafo equipado de luneta com escala taquimétrica, capaz de ler intervalos de tempo e calcular uma velocidade média.

O ano de 1960 foi marcado pelo falecimento de Hans Wilsdorf. Graças à genialidade desse grande homem, o legado da vasta obra que ele deixou pôde ser perpetuado: a Fundação Hans Wilsdorf, criada por ele em 1945 em Genebra, tornou-se proprietária da empresa. Com essa estrutura, a Rolex manteve total independência e pôde continuar a se desenvolver, perpetuando o espirito empreendedor e visionário de seu fundador.

Com André J. Heiniger e depois com seu filho Patrick, a Rolex consolidou-se internacionalmente, transformando-se em uma grife de relógios universal de grande prestigio. Mas somente nos anos 2000 a Rolex voltaria a lançar um relógio com o DNA da marca. O Oyster Perpetual Cosmograph Daytona trazia um novo mecanismo equipado com a aspiral Parachrom. O material, composto por nióbio, zircônio e oxigênio, apresenta a vantagem de ser dez vezes mais resistente a choques que as aspirais tradicionais, além de ser imune a campos magnéticos.

Rolex 3

A Rolex voltou a inovar nas funções oferecidas pelos relógios em 2007, com o cronógrafo de regata Oyster Perpetual Yacht-Master II, primeiro relógio do mundo equipado com uma contagem regressiva programável com memoria mecânica.

Em 2012, a marca lançou um modelo inédito: o Oyster Perpetual Sky-Dweller. De linhas clássicas, foi projetado para grandes viajantes. A majestosa caixa de 42 mm apresenta dois fusos horários de utilização simples e intuitiva, bem como um calendário anual denominado Saros, que só necessita uma correção de data por ano.

Nesse mesmo ano, fiel a sua paixão pela exploração submarina, a Rolex participou ativamente da expedição do cineasta e explorador James Cameron em parceria com a National Geographic Society. Um relógio Rolex fixado ao braço articulado do submersível acompanhou James Cameron durante todo o mergulho e funcionou com precisão a 10.908 metros.

Agora sob o comando de Gian Riccardo Marini, a marca prossegue na direção definida pelos valores imutáveis e pela imagem da excelência e prestigio alcançada. Assim, a Rolex e o Oyster continuam a escrever algumas das mais fascinantes paginas da historia da indústria relojoeira. A cada hora, cada minuto, cada instante.

Rolex 5

Edição atual

capa036
Comprar versão impressa

Comprar versão digital

[+] News

Antes & Depois

20 Março 2019
Antes & Depois

Mais vida no living

A Beleza do Imperfeito

20 Março 2019
A Beleza do Imperfeito

Kintsugi

Poética Feminina

20 Março 2019
Poética Feminina

Poltrona Betinha

Casa Nova

20 Março 2019
Casa Nova

Marengo Decor 

Um loft moderno e urbano

18 Março 2019
Um loft moderno e urbano

Atmosfera jovem, descolada e urbana para o novo lar

Materiais sofisticados e aconchego

18 Março 2019
Materiais sofisticados e aconchego

Boas idéias e ambientes dinâmicos, práticos e cheios de vida

Estilo despojado e clima praiano

18 Março 2019
Estilo despojado e clima praiano

Tudo muito prático, dinâmico e funcional para o dia a dia

Clima de alegria e descontração

18 Março 2019
Clima de alegria e descontração

Toques de personalidade e charme revelam o clima descontraído do projeto

Ay Caramba!

18 Março 2019
Ay Caramba!

Cercada pelo mar do Caribe, Cuba tem cenários paradisíacos

Casa Brasil Eliane

15 Março 2019
Casa Brasil Eliane

Grupo inaugura showroom com produtos Eliane e Decortiles em SP

Ornamento

15 Março 2019
Ornamento

Coleção Flainar

5 dúvidas sobre...home office

15 Março 2019
5 dúvidas sobre...home office

Cris Paola ensina como criar um ambiente de trabalho em casa

Extensão

15 Março 2019
Extensão

Linha Mistral

Banho Chic

14 Março 2019
Banho Chic

Toaletes Residenciais, Lindos Espaços de Luxo  

Transformação pontual

13 Março 2019
Transformação pontual

De maneira inteligente e funcional, lar ganha um novo astral

© 2017 Revista it Home | Todos os Direitos Reservados | Tel. (11) 2673-5141