As cores da Índia

Cercada de misticismos e contrastes, Índia é destino inesquecível para todo turista

India 1capaok

 

O oriente Médio sempre gerou muita curiosidade em quem vive pelo hemisfério sul. Território ainda bastante “fechado” para o resto do mundo, conserva muitas tradições e costumes no mínimo exóticos. Em plena expansão comercial, a Índia é um dos países orientais que mais despertam a atenção dos turistas. E não poderia mesmo ser diferente. Cheia de beleza e contrastes, é um destino que fica marcado para sempre na mente e no coração de quem a visita.

Ao pensar na Índia, vem à mente um país zen, dono de um misticismo único, representado pelo perfume de incensos e pela sonoridade dos mantras (espécie de reza hindu). O imaginário popular se apega as imagens de palácios suntuosos, de cenas coloridas, com marajás e súditos viajando em elefantes decorados com joias. A fantasia é fruto do que vemos em filmes e novelas. E não é nada enganosa, embora a Índia seja bem mais do que isso.

Para compreender melhor todo o contexto de vida dos indianos é necessário conhecer sua história. Com uma população absoluta superior a 1 bilhão de habitantes, a Índia é o segundo país mais populoso do mundo. Em contraste com a riqueza dos palácios e dos marajás, a renda per capita da população indiana é de apenas 300 dólares, situação agravada pela sua má distribuição. Como reflexo disso, o povo e a expectativa de vida situa-se em apenas 55 anos.

DIVISÃO SOCIAL

Um dos agravantes desse cenário é o sistema de castas. Define-se casta como um grupo social hereditário, no qual a condição do individuo passa de pai para filho, endógamo, pois ele só pode casar-se com pessoas de seu próprio grupo. Estão predeterminados também sua profissão, hábitos alimentares, vestuário etc, levando à formação de uma sociedade estática e muita desigualdade social.

Desde sempre, os párias são condenados aos trabalhos mais degradantes e mal pagos, apesar da luta de Gandhi, após a independência, e de inúmeras leis criadas na tentativa de eliminar ou amenizar os problemas que o sistema de castas acarreta.

RELIGIÃO

O sistema de castas é a base do hinduísmo. A religião se torna, então, um poderoso elemento social disciplinador e apaziguador: virtude e resignação são as palavras-chave na postura moral do indivíduo. O hinduísmo é considerado a religião mais antiga do mundo. Não tem uma organização estrutural (igreja, padres etc) nem um livro sagrado, como a Bíblia ou o Corão, sendo praticado de formas diferentes em regiões distintas. São mais de 240.000 deuses, mas as principais divindades são Brama (espírito da criação, ser inalcançável), Siva e Vishnu.

Os seguidores do hinduísmo creem na imortalidade da alma, no ciclo reencarnatório, que visa a libertação dela, e na fusão final com Deus, através da purificação, do culto e da pratica religiosa. Segundo o Karma de cada individuo (o caminho rumo à perfeição), o homem tem muitas vidas, e seus sofrimentos correspondem aos obstáculos desse caminho.

GEOGRAFIA

A Índia apresenta um relevo muito simples, composto por três divisões fundamentais. Ao norte encontra-se a Cordilheira do Himalaia, que reúne cerca de 40 montanhas com mais de 7.500 m de altitude. Entre essas montanhas, destaca-se o Everest, situado entre o Nepal e a China, ponto culminante do globo, com 8.882 m. Aos pés do Himalaia estende-se a planície Indogangética, de formação sedimentar aluvional recente, com solos férteis. Mais ao sul, ocupando metade da Índia, localiza-se o planalto do Decã, de formação antiga e cristalina, responsável por fartos recursos minerais, como ferro e manganês. Na parte ocidental, esse planalto tem escarpas mais elevadas, chamadas de Gates, onde nascem vários rios que correm para o Oriente.

TURISMO

O desembarque de turistas ocidentais acontece em geral em Nova Déli ou Mumbai, duas grandes cidades. Uma solução para fugir da vida urbana é seguir para locais onde o caos dá um tempo e a calmaria pode ser encontrada. Varanasi, uma das mais antigas e religiosas cidades do mundo e um dos mais incríveis e completos destinos para quem vai a Índia, é um desses lugares. Na cidade que pode parecer uma bagunça aos olhos ocidentais, há momentos de paz e harmonia, facilmente vividos em passeios às margens do Ganges.

Kochi também é boa pedida. Localizada no estado de Kerala, é uma típica “cidade interiorana” convidativa para uma viagem de barco, o principal meio de transporte de lá. A pesca e a colheita de arroz são as principais atividades do local. A cozinha, óbvio, privilegia estes bens e as refeições tradicionais são servidas com curry e tamarindo numa folha de bananeira e são saboreadas com as mãos.

Outro destino intrigante é Barsana e o seu “Holi”, o festival das cores, celebrado para anunciar a chegada da primavera. Durante o festival, as ruas se enchem de pessoas jogando água com corante e pó uma nas outras, numa espécie de folia de Carnaval.

Reserve mais tempo, porém, para conhecer Agra, que em sânscrito significa Paraíso. O clima (sobretudo em fevereiro) é perfeito para passear nos majestosos edifícios da era mogul. Além de monumentos, o legado mogul é sentido na criatividade e na energia das pessoas, bem como na sua deliciosa cozinha. Prove o Korma (carne ao vapor com iogurte e temperos) e o Byrani (arroz cozido com Korma e açafrão).

Ah, sim, se você for até Agra, vai ter que conhecer o Taj Mahal, monumento ao amor do imperador Sha Jahan por sua mulher, Mumtaz. Embora você talvez já o tenha admirado por meio de fotos (afinal, trata-se de uma das construções mais famosas do mundo), nada se compara a vê-lo ao vivo em diferentes horas do dia. O mármore absorve a luz e adquire um tom rosa pálido na alvorada, branco sob o sol do meio dia, sombrio e sensual com o anoitecer e etéreo e fantasmagórico sob os raios do luar.

India 1ok

India 2ok

India 3ok

India 4ok

India 5ok

India 6ok

India 7ok

 

Edição atual


capa040
Comprar versão impressa

[+] News

Pernas pra que te quero

19 Setembro 2019
Pernas pra que te quero

Correr alivia tensões melhora a saúde, e é sinônimo de liberdade e energia

Casa com afeto

17 Setembro 2019
Casa com afeto

Acolhedor e funcional, apê reflete personalidade e muito bom gosto

O nexo dos abstratos de Sueli Dabus

17 Setembro 2019
O nexo dos abstratos de Sueli Dabus

Obras da artista transmitem uma percepção delicada de que a vida é um espetáculo

Design e ecologia

17 Setembro 2019
Design e ecologia

Nova linha de tapetes é feita de nylon regenerado

Cor e personalidade

16 Setembro 2019
Cor e personalidade

Totalmente reformado, este duplex revela um mix irreverente e criativo

Entre Retas e Curvas

16 Setembro 2019
Entre Retas e Curvas

Poltrona Zé

Olhar Adiante

16 Setembro 2019
Olhar Adiante

Armário Síntese

Traço Urbano

16 Setembro 2019
Traço Urbano

Coleção Morada Brasileira. Stories

Vez delas

16 Setembro 2019
Vez delas

Coleção revela o olhar feminino para o design

Luxo em alto mar

15 Setembro 2019
Luxo em alto mar

Megaiate de 180 pés tem tecnologia de ponta e design inovador

Riqueza natural

15 Setembro 2019
Riqueza natural

Peças em madeira amazônica ganham um toque dourado das folhas de ouro

A Nobre Arte

11 Setembro 2019
A Nobre Arte

Boxe é um esporte saudável e de muita técnica, embora pareça bruto

O Valor das frutas

11 Setembro 2019
O Valor das frutas

Uma dieta rica em frutas deixa a vida mais saudável e a pele mais bonita

Beleza Histórica

11 Setembro 2019
Beleza Histórica

Machu Picchu fascina por sua arquitetura rústica e por seu passado

Equilibrando o Organismo

19 Agosto 2019
Equilibrando o Organismo

Fibras ajudam a regular o intestino e melhorar o metabolismo

© 2017 Revista it Home | Todos os Direitos Reservados | Tel. (11) 2673-5141