5 dúvidas sobre…portas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

A arquiteta Tânia Eustáquio dá dicas para escolher o melhor modelo de porta para seu projeto

1. Como eleger a porta de entrada de uma casa ou apartamento?
Sem dúvida, deve haver sintonia com a arquitetura projetada para o espaço, pois a escolha da porta é feita em conjunto com a elaboração do projeto. Mas, dependendo do imóvel, a porta de entrada precisa transmitir uma segurança maior, principalmente em casa, até mesmo em relação à fechadura. Em apartamento é possível variar mais o material, podendo ser de madeira, alumínio ou até mesmo vidro.

2. E as demais portas do imóvel, que padrão devem seguir?
O princípio básico é combinar diretamente com a arquitetura do projeto, não necessariamente com a mobília. Há uma infinidade de modelos, que devem ser avaliados de acordo a proposta. Existem portas onde os batentes e guarnições ficam discretos, quase imperceptíveis, e também modelos que possuem funções mais modernas, como a vedação de som, ruídos etc. Vale lembrar que, quanto mais sofisticada a porta, mais alto é o investimento.

3. Quando optar por um modelo pronto ou sob medida? 
Normalmente, o modelo sob medida é para quem deseja fazer um investimento maior, ou seja, para aquele projeto de arquitetura no qual todos os itens são pensados nos mínimos detalhes. Caso contrário, se o projeto não é tão criterioso, vale a pena investir no modelo pronto e com um melhor custo-benefício.

4. Como eleger o material da porta? Quais as vantagens e desvantagens de cada um?
Isso depende bastante do projeto, mas, normalmente, a porta de ferro é bastante utilizada em ambientes como cozinhas, devido ao baixo custo. A principal desvantagem é a possibilidade de enferrujar, além de ser pouco resistente à exposição à água. A porta de madeira é, sem dúvida, mais elegante e mais resistente. Há vários tipos de portas de madeira maciça ou mesmo aquelas que são ocas. A maciça é mais comum para portas externas, onde é necessário um material mais resistente. A oca é mais utilizada nas áreas internas. A madeira não pode ficar exposta à chuva ou umidade, por isso, requerer manutenção, como aplicação de pintura ou verniz. O alumínio é uma boa alternativa, principalmente para áreas externas, pois é mais resistente às variações climáticas. Também é indicado para ambientes com maresia.

5. Qual a diferente entre as portas convencionais de abrir, camarão e pivotante? Quando utilizar cada tipo?
As portas convencionais podem ser utilizadas em qualquer ambiente. A camarão é mais usada quando não há espaço para instalar uma porta tradicional. Já o tipo pivotante adiciona estética e elegância a qualquer projeto. Normalmente, esse padrão é visto na entrada de casas e apartamentos. Parte da porta é projetada para fora, o que permite a escolha de modelos maiores e com design mais arrojado.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

Cor e marcenaria como aliados

Apartamento de 38 m² aposta em móveis sob medida e paredes de…

Toques de cor e alto astral

Com aproximadamente 66m², esse apê, localizado em Pinheiros, São Paulo, ganhou novo…

Pequenos Projetos - Lucilla Mesquita

Eles são pequenos, mas nem por isso menos prestigiados. Os projetos com…