Bar em casa

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Planejar um espaço para acomodar bebidas, taças e copos é uma boa solução para criar uma espécie de bar em casa. E nem é preciso ter uma generosa área de adega para isso. Até os cantinhos mais improváveis podem abrigar um prático e funcional home bar; basta usar a criatividade

Por: Dan Brunini

Foto: Marcelo Magnani

Nada tradicional, o bar idealizado pelo arquiteto Maurício Karam é formado por dois tonéis pintados de marrom fosco, cor sóbria e elegante que dá personalidade ao ambiente. “O bar surgiu como uma dessas propostas complementares de unir elementos modernos e inovadores a um projeto que mistura o clássico e contemporâneo”, comenta.

 

Foto: Carla D’aqui

Como criar um bar discreto num apartamento de apenas 60 m²? A ideia das arquitetas Ana Paula Briza e Fernanda Takadachi, do escritório Triarq Studio, foi ocultar o espaço atrás do painel da TV. Feito de madeira ripada, ele conta com uma porta, que desliza quando os moradores recebem os amigos e as visitas. “Perto da área social, ele é bem prático. Vira o centro das atenções numa reunião de amigos, mas durante o dia a dia fica bem escondido”, explica Fernanda.

 

Foto: Mariana Orsi

Ao integrar varanda e living do apartamento, os profissionais do escritório Hildebrand Silva posicionaram o bar estrategicamente na área social, próximo da churrasqueira e da mesa da jantar. “Criamos um nicho para embutir tudo, deixando a área de refeição mais livre e evidenciando apenas o aparador que inicia como base do bar e termina no final da parede”, conta Eleonora Borges. As paredes foram pintadas de cinza, já as bancadas e a estante são de laca acetinada.

 

Foto: Evelyn Müller

Neste apartamento enxuto, Ana Yoshida aproveitou um canto da área social para dispor o móvel que serve de apoio à sala de jantar. Desenhado sob medida para acomodar a adega e organizar as taças, ele mistura MDF cinza e branco com pés em cobre – metal que aparece, novamente, na bandeja que abriga as bebidas. Com gavetas de diferentes formatos e tons, a peça dá um ar moderno à decoração e ainda é valorizada pela parede revestida de placas de concreto.

 

Foto: Raul Fonseca

Sem portas, a varanda virou uma extensão da área de estar e acomoda o bar, muito usado nos dias em que os moradores recebem as visitas. “Queríamos um móvel simples e de baixo custo, por isso pensamos no acabamento de madeira crua que dispensa o custo da fórmica e ainda combina bastante com o estilo urbano da decoração”, explica o arquiteto Marcel Casamassa, da MIS Arquitetura e Interiores. O móvel desenhado pelo escritório é feito com encaixes de madeira, conquistando esse aspecto bem pré-moldado com lugar sob medida para a adega.

 

Foto: Evelyn Muller

Quando reformou o próprio apartamento, Bárbara Dundes sentia falta de um lugar para dispor as bebidas e as taças na hora de recepcionar os amigos. “Desenhei esse móvel e usei materiais que eu gosto, como o latão, presente também na bandeja que pode ser retirada e levada para outros lugares, a fim de servir quem chega”, conta a arquiteta. Para compor a decoração, Bárbara elegeu uma luminária de parede e os móveis soltos assinados por Jader Almeida. Na parede, a boiserie não só preenche o espaço como faz um contraste com o design industrial das peças.

 

Foto: Henrique Ribeiro

Antes ocupado pelo home office do apartamento, o ambiente foi transformado em bar e virou o ponto de encontro constante da família e dos amigos. Responsável pelo projeto, o escritório ProArq Brasil optou por destacar a parede com um painel de madeira de demolição. “Personalizada com móveis de laca prata, que destacam as bebidas e os eletrodomésticos, a marcenaria deixa o bar bem funcional, ajudando a compor o balcão com banquetas que se integram ao estar”, explica a arquiteta Alexandra Pandolfo.

 

Foto: Levi Mendes

Sempre preocupada em aproveitar ao máximo cada cantinho do projeto, a arquiteta Roberta Banqueri transformou uma área vazia em bar, onde o morador armazena as bebidas e bate papo com os amigos. “Criamos prateleiras irregulares para os vinhos, otimizando o espaço ao máximo, e pensamos numa bancada de apoio, essencial na hora de servir os convidados”, explica a profissional. Em busca de uma decoração neutra, que combinasse com o restante dos ambientes, Roberta elegeu vários tons de cinza para os acabamentos. “Usamos pendentes de modelos diferenciados para dar movimento e trazer uma luz mais amena, conferindo um ar intimista”, acrescenta.

 

Foto: Denilson Machado/MCA Estúdio

Em busca de uma alternativa prática e moderna que atendesse o perfil do jovem morador, o arquiteto Nildo José deixou as bebidas bem próximas da mesa de jantar. “É importante priorizar as áreas sociais para a composição de um bar, já que é um elemento muitas vezes usado para confraternizações ou visitas”, afirma. Seguindo o estilo dos lofts cosmopolitas de Nova Iorque, com atmosfera industrial, o arquiteto investiu em um carrinho de chá que ganhou status de escultura no ambiente.

 

Foto: Mariana Orsi

Na reforma do apartamento, assinada pela doob Arquitetura, os moradores pediram para que varanda fosse integrada à sala de estar e que servisse ao mesmo tempo de bar e apoio para o grill. Para compor um ambiente mais descontraído, os armários ganharam o colorido do amarelo em portas e prateleiras. “Para dar uma amplitude visual e disfarçar o dente do shaft, colocamos um revestimento de espelho logo acima da bancada”, conta a arquiteta Daniele Okuhara.

 

Foto: Rafael Renzo

Com portas espelhadas, o bar projetado pela designer de interiores Juliana Torres se parece com uma elegante cristaleira, onde os moradores organizam copos, taças e acomodam os vinhos na adega. No tampo do móvel, feito sob medida, a área rebaixada serve de apoio para as bebidas.

 

Foto: Luis Gomes

Na reforma comanda pelos arquitetos Alice Martins e Flavio Butti, o antigo depósito da casa foi propício para montar um bar, tão desejado pelo casal de proprietários. “A bancada de apoio é bem prática, pois possibilita uma pequena conversa enquanto se escolhe o vinho ou se prepara um aperitivo”, comenta Flávio. Graças à marcenaria bem bolada, os vinhos, que estão sempre à mão, ficam armazenados corretamente, ligeiramente inclinados, e contam com uma luz suave e temperatura adequada.

 

Foto: JP Image

Para aproveitar ao máximo cada centímetro do loft, as arquitetas Carina e Ieda Korman, à frente da Korman Arquitetos, posicionaram o bar embaixo da escada que leva até a suíte. “Por ser um loft e não ter paredes, é possível vê-lo de quase todos os ambientes do térreo”, comenta Carina. Criado sob medida, o aparador revestido de laminado preto serve de apoio para a bandeja de bebidas e sob ele há um móvel solto de nogueira que organiza copos e pratos. A adega, solicitada pelo morador, tem lugar para mais de vinte rótulos de vinho.

 

Foto: Carlos Piratininga

A generosa estante, que virou destaque na sala de jantar, não serve apenas para expor objetos, como acontece tradicionalmente. Neste apartamento reformado pela arquiteta Cristiane Schiavoni, o móvel também acomoda o aparelho de jantar com taças, bebidas e acessórios para o bar. Nichos abertos e fechados, além da mistura de laca branca com diferentes tons de MDF, dão movimento à peça sem sobrecarregar a decoração. No aparador, no canto do ambiente, os moradores organizam outros tipos de bebida e a adega climatizada.

 

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

Cor e marcenaria como aliados

Apartamento de 38 m² aposta em móveis sob medida e paredes de…

Toques de cor e alto astral

Com aproximadamente 66m², esse apê, localizado em Pinheiros, São Paulo, ganhou novo…

Pequenos Projetos - Lucilla Mesquita

Eles são pequenos, mas nem por isso menos prestigiados. Os projetos com…