Beleza eterna

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Com veios evidenciados, tonalidades únicas e formas muitas vezes brutas, as pedras naturais, aplicadas em pisos, paredes e bancadas, levam textura e elegância aos projetos de arquitetura e interiores

Por Dan Brunini

 

Foto: Gui Morelli

1. Mistura equilibrada de mármores
O conceito de ambientes integrados se faz presente ao longo de todo apartamento, assim como a decoração, que segue uma linha atemporal, com peças de design internacional, intercaladas com antiquariado e acervo pessoal da moradora. Enquanto a parede da estante, assim como suas prateleiras, recebeu mármore Calacata Gold (Mont Blanc Mármores), o piso foi coberto de mármore sivec, trazendo uma mistura harmônica e nobre. “A pedra é um elemento nobre, eterno e único, além de higiênico. Quando um bloco é fatiado, seus veios ou desenhos nunca serão repetidos em outro bloco, o que quer dizer que este acabamento nunca será igual em outra residência”, explica a arquiteta Ieda Korman, do escritório Korman Arquitetos.

 

Foto: Luis Gomes

2. Atmosfera rústica e contemporânea
Com um portfólio variado de casas de campo, os arquitetos Alice Martins e Flávio Butti, do escritório AMFB Arquitetura, tinham o desafio de criar um refúgio de fim de semana que misturasse a rusticidade do campo, mas sem deixar de lado o estilo contemporâneo. Para isso, os profissionais tiraram partido, principalmente, dos materiais naturais, a exemplo da parede de pedra moledo da sala, que dá forma ao cantinho da lareira. “Para a instalação, foi necessário a construção de uma parede estruturada com uma camada de cimento chapiscado. O assentamento da pedra natural, cuja espessura varia entre 12 e 16 cm, exigiu o uso de massa de cimento com um aditivo de resina sintética”, explica Alice. Material fornecido e executado pela Marmoraria Butantã.

 

Foto: Renato Navarro

3. Materiais naturais em contraste
A decoração deste apartamento assinada pela arquiteta Érica Salguero tem o estilo contemporâneo elegante como ponto de partida, ressaltando os tons neutros e os materiais nobres. Nas áreas sociais, o destaque são os elementos mais requintados, como mármore, metais e veludos. O mármore Gris Armani reveste toda a parede e contrasta com o tapete marsala e a lareira de mármore branco Paraná Novolato. “Usamos essa pedra porque queríamos um design de interiores sofisticado sem perder a contemporaneidade. O mármore cumpre bem esse papel e insere requinte com modernidade no projeto”, diz Érica. Material fornecido e instalado pela Eccomarmi.

 

Foto: Célia Mari Weiss

4. Massagem durante o banho
Assim como nos demais cômodos do apartamento, os moradores desejavam um toque diferente e criativo no banheiro da suíte. Primeiro, a arquiteta Ana Yoshida eliminou a parede para integrar o ambiente ao quarto, separando-os apenas com uma divisória de vidro. As pedras usadas no box, tanto na área do piso quanto na parede, trazem um toque natural e, ao mesmo tempo, dão a sensação de massagear os pés durante o banho. Elas são compradas em placas teladas de 30 x 30 cm (Palimanan), exigindo o encaixe perfeito para criar um acabamento contínuo. “Os seixos têm uma textura gostosa, natural, além dessa sensação de tranquilidade e relaxamento, ideal para o momento do banho”, conta Ana. “Os tons verdes, cor que oferece tranquilidade, também encantaram os moradores”, continua.

 

Foto: Sérgio Israel

5. Elemento de destaque no living
Neste projeto assinado pelo designer de interiores Bruno Carvalho, o bar do living, que aproveita o vão sob a escada, virou a grande sensação da casa. “O ambiente é pontuado por uma miscelânea de estilos clássico e contemporâneo, sendo que o foco foi otimizar a área e integrá-las aos demais espaços da construção sem perder a elegância”, afirma Bruno. A parede de pedra moledo, que se repete na fachada e na área da piscina, foi um desejo do cliente e demorou em torno de seis meses para ficar pronta. “As pedras vêm embaladas em blocos grandes e devem ser todas lapidadas, como joias. É um material de vida útil eterna, sinônimo de praticidade, pois não requer manutenção”, completa o designer de interiores.

 

Foto: Denilson Machado/ MCA Estúdio

6. Materiais em máxima sincronia
Devido ao clima quente na maior parte do ano, esta construção em Maringá (PR), concebida pelo arquiteto Guilherme Torres, privilegia grandes vãos abertos, circulação cruzada e em alguns lugares o uso de brises de madeira. Essa preocupação também norteou a escolha dos acabamentos, a exemplo do mármore Nuvolato (Michelangelo Mármores do Brasil), que forra parede e piso. “O mármore foi um pedido do cliente e está na área externa, na ilha gourmet e na escada que leva para o segundo pavimento”, explica o profissional. “Enquanto o hall foi pensado como um palco de teatro, a pedra do living contrasta com o concreto aparente e a madeira”, completa.

 

Foto: Rômulo Fialdini

7. Lareira com valor de obra de arte
O design contemporâneo do mobiliário e os acabamentos atemporais de pisos e paredes formam a base para a integração entre living, sala de jantar, home theater, espaço gourmet e terraço. O resultado é um único espaço que faz conexão entre todos os lugares do apartamento com uma personalidade própria. “A ideia de instalar o mármore nessa parede foi valorizar a lareira existente, além de criar uma empena mais sofisticada, que vai pautar todas as combinações do projeto, como os revestimentos e tecidos dos sofás”, explica a arquiteta Denise Barretto. Essa mesma pedra, o mármore Armani (Mont Blanc Mármores), também aparece no lavabo. “Trata-se de um material natural com sofisticação ímpar e mesmo com todo desenvolvimento e tecnologia do porcelanato, ainda não conseguimos algo com tamanha verdade e beleza”, conta a arquiteta.

 

Foto: Júlia Ribeiro

8. Entretenimento para toda família
A área de lazer desta casa é um dos lugares preferidos pelos donos da casa, um casal com dois filhos. Na reforma comandada pelo Studio Deux, o spa não só ficou integrado à uma sala de estar externa e aberta como passou a contar com uma hidromassagem fechada por vidro. “A intenção foi dar um ar mais rústico e natural ao ambiente contemporâneo, por isso usamos os seixos numa das paredes”, explica a arquiteta Michele Ledoux Cabanelas. “Mesmo com a mistura de vários revestimentos, privilegiamos as opções com uma identidade e uma harmonia entre si”, complementa.

 

Foto: Eder Bruscagin

9. Inspiração no Moulin Rouge
Segundo Rafael Gomez, Rosangela Pimenta e Tereza Bissoto, à frente da Intetto Arquitetura e Interiores, cada acabamento tem uma função específica num projeto. Para eles, o piso todo revestido de mármore botticino enobrece o banheiro, sem deixar de lado a alta durabilidade e facilidade de manutenção. “Essa pedra, que está também em paredes e prateleiras, ajuda a trazer um pouco das referências do Moulin Rouge, conhecido cabaré francês”, explica a designer de interiores Tereza Bissoto. Pedra fornecida e instalada pela Engenharia do Mármore.

 

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

Paleta suave com toque minimalista

Apê de 37m² tem usos bem definidos e práticos, perfeitos para o…

Alegre e colorido

Com apenas 48m², projeto tem layout personalizado e boas soluções de espaços…

Prático e convidativo

Apartamento de 26m² possui bom aproveitamento do layout e toque urbano na…