Décor inusitado

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Carros, motos, mesas de jogos e até um cavalo roubam a cena em projetos despojados e pra lá de personalizados

Tendências costumam ditar o tom da decoração e ajudam a definir como os espaços podem traduzir o estilo de vida dos moradores. Mas para ter uma casa com identidade própria é preciso ir além, dar um toque pessoal ao décor, buscar peças que possam transmitir ao lar a essência e o humor de quem nele habita. Nesta e nas próximas páginas, apresentamos ambientes efetivamente únicos, onde elementos marcantes e nada convencionais assumem o protagonismo em meio aos móveis e objetos decorativos.

Unir o bom design com obras de arte e peças que são referências pessoais dos clientes foi o objetivo do escritório Díptico Design de Interiores na concepção desta casa, onde mora uma designer de sapatos e sua família. Toda integrada, a área social ganhou mesa de pebolim personalizada, com jogadores das equipes divididos entre homens e mulheres, conferindo um ar bastante informal e convidando todos à diversão.

Traços da personalidade e das paixões do morador são facilmente reconhecidas no décor desta cada de 400m², projetada pelo arquiteto Sidney Quintella. Na sala, por exemplo, o grande destaque fica por conta de um dos 90 automóveis da coleção do empresário, que de tempos em tempos muda o veículo exposto no living. Ele também coleciona bicicletas e as expõe como itens de decoração.

Ao visitar uma exposição na Europa, o casal de proprietários deste imóvel gostou da excêntrica ideia de ter um cavalo de carrossel como centro da decoração. Encontrada em um antiquário, esta peça em madeira é réplica de um item de parque de diversões da Alemanha. Para atender ao pedido dos moradores, a solução do Studio ArquitetUras foi alça-la ao teto, graças a um reforço com viga metálica para sustentar o seu peso.

Muita personalidade e um décor marcante evidenciam este espaço elaborado pela RB ArchDesign para um surfista da década de 70 e seu filho. A scooter de época, o automóvel esportivo, pranchas de surfe, shapes de skate e uma bicicleta de bambu misturam-se ao mobiliário para criar um mood irreverente e exaltar a conexão entre esportes e natureza.

 

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

3 perguntas para Ruy Ohtake

Um dos arquitetos mais respeitados no Brasil e no exterior, Ruy Ohtake…

5 dúvidas sobre...cubas para banheiro

A arquiteta Lucianne Korn explica sobre os diferentes modelos e dá dicas…

Décor clean e aconchegante

Com boas soluções de espaço, o apartamento da arquiteta Daiane Antinolfi possui…