fbpx

Orgânico em alta

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Com silhuetas amplas e arredondadas e acabamentos naturais, as formas orgânicas são tendência no universo da arquitetura e da decoração

Por Helena Mastrobuono

A integração da natureza aos espaços é um dos pilares da arquitetura orgânica. Com estruturas fluidas e dinâmicas, o objetivo dessa escola é representar a vida e seu movimento. O conceito apareceu em diversos ambientes da CASACOR São Paulo por meio das formas arredondadas e representação de elementos da natureza e ancestralidade. Confira abaixo alguns dos espaços que comprovaram o fortalecimento dessa tendência na mostra.

 

Living Galeria Perspectiva, por Ana Weege

Fomas orgânicas e iluminação natural na CASACOR
Living Galeria (Foto: Rafael Renzo)

 

Art déco, design biofílico, formas orgânicas e natureza se misturaram no espaço assinado por Ana Weege. Com terraço sensorial, hall galeria e living, o projeto contou com diversos elementos que remetem à ancestralidade e pluralidade. Os tons terrosos e móveis com silhueta arredondada finalizaram com maestria o aspecto orgânico do ambiente.

 

Estúdio Terra, por Beatriz Quinelato

plantas e formas orgânicas na CASACOR
Estúdio Terra (Foto: Renato Navarro)

 

Design afetivo e tons terracota estrelaram o ambiente de 44 m² da arquiteta Beatriz Quinelato, que  promoveu momentos de conexão e relaxamento aos visitantes da mostra. O sofá em formato oval, aliado às mesas redondas e aos elementos em madeira formaram um ambiente acolhedor e natural. 

 

Ateliê de taipa, por Buriti Arquitetura

taipa e materiais naturais por Buriti Arquitetura
Ateliê de Taipa (Foto: Rafael Renzo)

O ambiente de 16m² foi pensado para servir como espaço de descanso e reencontro com a essência, refúgio da agitação da cidade grande. Ao utilizar técnicas naturais e formas orgânicas, a arquiteta Jéssica Martins evocou a sensação de pertencimento à natureza. 

 

WC Unissex Brasilidade, por Elaine Vilela

WC Unissex Brasilidade (Foto: Renato Navarro)

Inspirada pelas manifestações artísticas da brasilidade, a arquiteta Elaine Vilela utilizou cores e materiais que remetem às raízes culturais brasileiras. A mistura de tons, arte e elementos naturais presente no banheiro ganhou destaque com o uso do linho e fibras naturais, além dos móveis assinados por designers nacionais. 

 

Casa Olaria, por Nildo José

A silhueta arredondada da mobília e paredes ganha destque com os tons terrosos
Casa Olaria (Foto: MCA Estúdio)

 

Toda em tons terrosos e formas orgânicas, a Casa Olaria contou com muita iluminação natural e simplicidade para que os formatos únicos da mobília e paredes ganhassem destaque. Homenageando a cerâmica brasileira, destacando a herança das antigas olarias do país e a importância do trabalho artesanal na arquitetura, Nildo José deu protagonismo  às formas e materiais orgânicos em seu projeto para CASACOR 2021.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

Cozinha gourmet

Perfeita para receber família e amigos, a cozinha gourmet foi a protagonista…

Do clássico ao contemporâneo

Em projeto jovial e dinâmico, os arquitetos da Fantato Nitoli transformaram apartamento…

Urbano e cosmopolita

Projetado pela LL Arquitetura e Interiores, o loft com 50 m² ganhou…