fbpx

Renovar é preciso

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Retrofit resgata memórias afetivas e cria espaço vibrante em antigo apartamento no Ipiranga

 

A transformação pela qual passou este apartamento representa uma reforma ímpar realizada em um imóvel dos anos 70. Quando os clientes procuraram o escritório Go Up Arquitetura, expressaram o desejo não apenas de renovar o ambiente, mas também de preservar as memórias afetivas ligadas àquele espaço. Queriam que cada cantinho e elemento na transformação contasse uma história que remetesse às lembranças de suas infâncias.

 

Retrofit renovou este apartamento dos anos 70 | Fotos: Robson Figueiredo

 

Desde o início, a vontade era que o apartamento tivesse uma ‘vibe’ única, com cores vibrantes, obras de arte e peças de design. Um mix cuidadoso de itens garimpados, contemporâneos e artesanais resultou em um espaço cheio de personalidade. As arquitetas Juliana Silva e Amanda Mori criaram um ambiente que atende às necessidades diárias da família, proporcionando um local para refeições e, ao mesmo tempo, transformando uma sala comum em uma sala de música e mídia.

 

 

Antes subutilizada, essa sala servia apenas como área de passagem, foi então integrada à área principal, ampliando significativamente o espaço do living que também foi integrado à varanda. Destaque especial foi dado a um elemento central curvo, onde aplicaram um mosaico de caquinhos, resgatando o piso que fazia parte da casa da infância do cliente. A escolha de dois tons de caquinhos, branco na parede e cor-de-rosa no piso da varanda, harmonizaram com o azul escolhido desde o início.

 

 

Foi feito um mix de itens com peças de design contemporâneas e vintage, e clássicos do design, como a cadeira Paulistana, que divide espaço com peças de varejo e artesanais.

 

 

Um dos itens foi uma mesa de madrepérola que pertencia ao avô do cliente e foi restaurada por uma empresa especializada. Assim como também foi restaurado o piso de madeira de tábuas grandes de Ipê, uma raridade nos apartamentos mais contemporâneos. Outro desafio foi encontrar uma peça de mármore para fazer um complemento do piso existente, já que está em extinção. Foi realizada uma pesquisa intensa para encontrar uma empresa que fornecesse o material necessário.

 

 

Um elemento interessante no projeto é a televisão, que, na verdade, é um projetor. Para emoldurar a projeção, criaram uma borda na parede, proporcionando não apenas funcionalidade, mas também um toque estético. A integração da varanda na sala não apenas trouxe luz natural, mas também permitiu a criação de um espaço iluminado, controlado por persianas no vidro, teto e parede.

 

A iluminação é um destaque crucial no projeto. Além de ser controlada por persianas estrategicamente colocadas, a luz é refletida por um espelho oposto à sala de jantar. Essa técnica intensifica e suaviza simultaneamente a luz, criando um ambiente permeado por uma luminosidade agradável.

 

 

O projeto vai além de uma simples renovação; é uma celebração das memórias afetivas, uma fusão harmoniosa de elementos que contam histórias em um espaço multifuncional e atende às necessidades cotidianas de uma família. O resultado é um ambiente que não apenas encanta visualmente, mas também ressoa emocionalmente, cumprindo os desejos e anseios de quem mora.

 

+ PRA VOCÊ: Contemporâneo com bossa

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

A tríade do conforto

Cabeceira, mesa latera e iluminação compõem o refúgio de descanso e sonhos…

Perspectivas do morar

1o especialistas ouvidos por it HOME fazem uma reflexão sobre o morar…

Atmosfera masculina

Apartamento ganha paleta de tons sóbrios, com o cinza e o preto…