fbpx

Um toque de cor e alto astral

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Lar sóbrio e neutro ganha vida com detalhes coloridos e uma dose de irreverência e despojamento

Por Denis Nunciaroni / Fotos: Eduardo Pozella

Ao visitar este imóvel de 307 m², na região de Perdizes, em São Paulo, o casal saiu com a certeza de se tratar do endereço que procurava. Grande e arejado, ele oferecia espaço suficiente para acomodar uma família com três filhos homens – sendo dois adolescentes -, que adora curtir os momentos juntos e reunir os amigos. Faltava, porém, identidade ao apê, um tanto frio e sem vida.

Para dar um toque de customização ao lar, entraram em cena as ideias da arquiteta Karina Korn e sua equipe. Alinhada aos desejos dos clientes, a profissional promoveu uma atualização do décor, trocando revestimentos, tecidos e harmonizando os móveis de acervo dos moradores com peças mais contemporâneas, de linhas retas e tons neutros.

Ambiente central da casa, o living foi pensado como uma grande área para receber. “Optamos por não instalar TV exatamente para que ele seja usado como espaço para interação e convivência”, explica Karina, que desenhou um layout utilizando dois sofás de 3 metros de largura, um de frente ao outro, ladeados por poltronas e banco para recepcionar os convidados.

Heranças familiar, o carrinho de chá próximo ao sofá e o buffet atrás da mesa de jantar, ambos originais da década de 50, inserem um pouco de nostalgia ao projeto e contrapõem o clássico ao moderno.

Propositadamente isolado por uma enorme porta de correr, o home theater é um dos ambientes mais usados pelos moradores. “Com um grande sofá estilo loft, foi idealizado para se jogar e assistir filmes com muito conforto e privacidade”, conta a arquiteta.

Outro espaço favorito é a varanda. Despojada e descontraída, ela tem até uma máquina de fliperama para a diversão de pai e filhos. O uso do tijolinho e da madeira de demolição traz uma ideia de área externa para o ambiente.

Básica e atemporal, a cozinha em contraste de branco e preto recebe o colorido dos ladrilhos e se mostra o cenário ideal para estar, cozinhar e conversar. Tudo o que o casal mais gosta de fazer, principalmente quando está cercado dos filhos e dos amigos.

Em tons de branco e cobre, a suíte máster investe na originalidade, com cabeceira em gomos com diferentes estampas, cores e tecidos.

O grafite traz um ar descolado e urbano para o quarto do adolescente, quebrando a neutralidade do ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

Minimalista e atemporal

A arquiteta Sabina Kalaoun, do Studio LAK, se muda com o marido…

Reforma completa

Apartamento ganhou ares de casa a pós a reforma que integrou ambientes…

A arte de Basiches

Arquiteto e artista plástico José Ricardo Basiches abre exposição Traços e Contextos…