Cozinhas coloridas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Com cores suaves ou vibrantes, acabamentos bem orquestrados e muita personalidade, as cozinhas dos novos tempos transformaram-se em ambientes de destaque. Abertas e integradas ao social, elas deixam de ser coadjuvantes para roubar a cena e levantar o astral da decoração. Confira 10 versões de cozinhas coloridas para inspirar o seu novo projeto!

Foto: Rafael Renzo

1. Paleta bem trabalhada
Após a reforma conduzida pelo escritório Casa 2 Arquitetos, a cozinha tornou-se um dos atrativos do apartamento e um ótimo local para receber os amigos e a família. A laca verde selecionada para o acabamento dos armários e repetida nos ambientes próximos realça o protagonismo do espaço. “Para harmonizar, buscamos eleger nuances com fundo cinza, que enjoam menos. Balancear com tonalidades neutras e trazer toques de madeira ajudou no equilíbrio da composição”, afirma a arquiteta Camila Benegas. Neste projeto, o mobiliário sob medida, que aproveita muito bem cada cantinho, conta com puxadores do tipo cava, trazendo leveza ao desenho do móvel e deixando os armários com cara de sala.

 

Foto: Edson Ferreira

2. Nicho bem delimitado
Na visão do arquiteto Luiz Paulo Andrade, cores marcantes, em harmonia com um desenho claro e valorizado pela paleta cromática, nunca enjoam. Por isso, na reforma deste apartamento, ele usou o tom esverdeado no nicho da bancada de trabalho da cozinha, reforçando o desenho linear da área. Esse local concentra o cooktop e a pia, unificando as funções primordiais do ambiente, como higienização e cocção. Já no centro, a bancada cinza faz às vezes de mesa de jantar, trabalho e serve também para o preparo dos alimentos. Os móveis, desenhados pelo escritório, levam MDF revestido de gofratto.

 

Foto: Salvador Cordaro

3. Repouso merecido
Aberta e integrada para instigar a convivência familiar, a cozinha é um ambiente afetivo neste apartamento projetado pela arquiteta Patricia Martinez. “Todos os objetos foram escolhidos a dedo pelo morador, que é moderno e fez escolhas práticas e tecnológicas”, explica a profissional. A marcenaria da cozinha é toda da Florense e foi pensada para trazer praticidade aos proprietários, que utilizam o espaço como uma área de confraternização, uma vez que ela fica diretamente ligada ao living.

 

Foto: Mariana Orsi

4. Status de área de estar
Aberta para a sala, a cozinha tinha de conquistar um visual imponente, que a tornasse um ambiente de estar, pronto para a moradora recepcionar os amigos com estilo e personalidade. “Criamos um color blocking em toda a caixa da marcenaria e levamos a mesma cor para a estante da sala, de forma que os espaços, mesmo que divididos por suas funções, continuassem integrados pelo conceito do projeto”, conta Vanessa Ribeiro, à frente do escritório Quattrino Arquitetura. O cinza azulado trouxe mais vida para o ambiente e combinou com a cor favorita da moradora, o rosa, usado no sofá da sala de jantar. “Como a cozinha colorida está aberta para o living, buscamos mascarar os eletrodomésticos, como coifa e micro-ondas. A marcenaria superior foi projetada em função das medidas dos equipamentos para que eles ficassem escondidos”, conta Vanessa.

 

Foto: Julia Ribeiro

5. Centro das atenções
A reforma deste apartamento tinha de atender dois desejos da moradora, que adora vermelho e ama preparar várias receitas para a família e os amigos. Por isso, a cozinha merecia ainda mais atenção e carinho. Primeiro, as meninas da Martins Valente Arquitetura e Interiores uniram o ambiente ao jantar, estar, varanda e lavanderia, criando um lugar amplo e único. “O vermelho, cor predileta da cliente deu ainda mais charme à decoração e saiu do óbvio. Com esse tom vibrante, a bancada revestida de laminado ficou bem moderna”, conta Marta Martins.

 

Foto: Julia Ribeiro

6. Transformação radical
Após a reforma, a cozinha praticamente dobrou de tamanho quando as sócias da Oliva Arquitetura retiraram as paredes que a separavam da sala. “Ainda quebramos a divisão com a lavanderia e usamos parte da varanda para colocar o nicho da geladeira e mais alguns outros nichos”, comenta a arquiteta Elisa Ju. Visto da área social, o ambiente ganhou um tom de azul tranquilo, com leve toque acinzentado, combinado com o gosto dos dois moradores. “Para quem tem medo de enjoar, a dica é usar sempre um ponto de cor e o restante equilibrar com tonalidades neutras”, sugere Elisa.

 

Foto: Luis Gomes

7. Acabamento solar e festivo
Quando encomendou a reforma do apartamento de praia aos arquitetos Renato Andrade e Erika Mello, da Andrade & Mello Arquitetura, a proprietária solicitou uma cozinha diferente do imóvel na cidade. “Ela sonhava com um ambiente solar, alegre e festivo”, revela Renato. “Trata-se de uma marcenaria simples. A nossa preocupação principal foi usar um MDF Verde, utilizado para áreas úmidas, e quase nada de ferragem, para fugir de problemas com a maresia”, completa. Enquanto o móvel sob a bancada com granito preto são gabriel tem laca amarela, as paredes laterais contam com uma madeira bem sóbria e clara. “A marcenaria ocupa todas as paredes e isso ajuda a equilibrar os tons que escolhemos para essa cozinha colorida”, explica Renato.

 

Foto: Mariana Orsi

8. Colorido bem pontual
Pensado para ser alugado, este apartamento tinha de apresentar um perfil que atendesse os mais diferentes moradores, dos clássicos aos arrojados. Outro desafio encarado pela dupla Ana Cecília Toscano e Flávia Lauzana, da ACF Arquitetura e Interiores, foi criar uma moradia agradável, integrando sala de estar, home theater, cozinha, quarto e banheiro. O apê, apesar de ter um tamanho reduzido, ganhou conforto e funcionalidade com a reforma. “Apostamos num piso único, paredes e marcenaria de cores claras, tudo para garantir a sensação de amplitude. O cinza e o freijó, predominantes no projeto, realçam o colorido pontual dos azulejos e das cadeiras na cozinha”, conta Ana Cecília Toscano, sócia de Flávia Lauzana.

 

Foto: Mariana Orsi

9. Ar bucólico de fazenda
Totalmente integrada à área social do apartamento, a cozinha proposta por Patricia Pomerantzeff, da Doma Arquitetura, tinha de apresentar um clima de sítio, mas, ao mesmo tempo, trazer acabamentos hightech, típicos de uma cidade grande, como São Paulo. “O imóvel fica num terreno que lembra um grande bosque em pleno caos paulistano”, explica a arquiteta. Em harmonia, a marcenaria recebeu um tom de azul acinzentado. Assim, Patricia preferiu manter a bancada neutra, assim como o revestimento da parede. “Isso possibilitou destacar os armários e dar mais personalidade ao ambiente”, afirma. Com execução da Marcenaria De Paula, os módulos superiores receberam portas com vidros canelados para dar mais profundidade e enfatizar a sensação de amplitude. Já no gabinete sob a bancada, as portas possuem molduras bem clássicas e fecho-toque para deixar a vista mais clean, sem puxadores tradicionais. As gavetas foram revestidas de folha de madeira freijó natural com cara de caixote de feira.

 

Foto: Evelyn Müller

10. Decoração alto astral
No apartamento reformado por Ana Yoshida, a estrela da vez é o amarelo que reveste o móvel principal da cozinha. A marcenaria, com desenho da arquiteta e acabamento de laminado melamínico, foi executada pela SCA Jardim Europa. A cor vibrante, assim como no living, é combinada com as nuances de cinza, madeira e também branco, presente nas cerâmicas irregulares que revestem as paredes. Aliás, esta é uma boa dica para achar o equilíbrio cromático e acertar em cheio: escolher uma superfície maior para destacar e eleger uma paleta de até três cores a fim de representar o astral do novo ambiente. “Essa proposta combina muito com a moradora, que é alegre, alto astral, divertida e ama cores”, conta Ana. “Por isso, criamos um apartamento jovem e cheio de personalidade, mas, sobretudo, aconchegante”, finaliza.

+ PARA VOCÊ: Cores por toda parte

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

A elegância dos tons neutros

Com uma paleta de tons claros e neutros, reforma modernizou os espaços…

Horta em casa

Quatro dicas fundamentais para quem quer cultivar uma horta caseira  As hortas…

Mais espaço para família

Totalmente reformado, este dúplex ganhou amplitude e um clima de casa, que…