fbpx

Jogo de esconde

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Ocultas em painéis ou até camufladas sob azulejos, as portas mimetizadas integram os mais distintos ambientes de uma casa, adicionando efeito estético, charme e elegância aos espaços

 

Texto: Dan  Brunini e Janaína Silva 

 

porta oculta
Foto: Evelyn Müller

 

Estrutura unifica entrada, lavabo e cozinha

Três exemplares de portas mimetizadas, com dimensões e sistemas de aberturas distintos, compõem a divisória deste living. A porta da entrada de 1,20 m e a do lavabo, de 70 cm, são pivotantes. Já a que separa o local da cozinha tem 1,50 m e é de correr. Os profissionais do escritório AMFB Arquitetura afirmam que o segredo para ter êxito ao optar por portas pivotantes é usar um bom pivô, com a distância certa do batente, para que se equilibre. “A vantagem é que o modelo não avança demais sobre os ambientes.”

 

sala oculta com porta aberta
Foto: Evelyn Müller

 


 

porta mimetizada no painel
Foto: Evelyn Müller

 

Modelo pivotante integrado ao painel de MDF

Com dimensões padrão de um quarto — 60 cm de largura — e feita de MDF na cor carvalho hanover (Duratex), essa porta tem sistema pivotante afim de esconder as ferragens e garantir um visual único proposto pela arquiteta Marina Carvalho. “O segredo para integrar as passagens aos painéis usando o sistema pivotante é o tamanho da porta, que quando grande exige que o pivô não fique apenas na lateral, mas também seja deslocado cerca de 20 cm das laterais do lado oposto de onde estará a maçaneta”, orienta.

 

porta mimetizada no painel
Foto: Evelyn Müller

 


 

porta de acesso
Fotos: Mariana Orsi

 

Aproveitamento de espaço

Na reforma deste apê, os profissionais do escritório Fantato Nitoli receberam a missão de otimizar os ambientes. Para tanto, o painel de MDF na cor preta divide a sala e o armário do quarto, além de ocultar a porta de 80 cm, do mesmo material – Nero (Guararapes), da LCN Progetti. A estratégia foi escolhida para criar harmonia, manter a estética e aproveitar melhor as medidas. O sistema de abertura é de correr com trilho oculto na parte superior com amortecedor, sendo possível deixar o vão livre, já que ela fica escondida dentro da estrutura. “O modelo possibilitou que os cômodos ficassem mais amplos e descomplicou a circulação.”

 

 


 

porta camuflada
Fotos: Luís Gomes

 

Disfarce perfeito

Para criar a sensação de prolongamento do ambiente, as arquitetas arquitetas Monike Lafuente e Claudia Yamada, do Studio Tan-Gram, desenharam um painel com ripas aleatórias, que também camufla a entrada do quarto. A folha da porta de MDF maciço  possui 82 cm x 2,5 m de altura, indo de piso a teto. “O sistema de abertura usado foi o de dobradiça oculta, que não aparece do lado de fora e não perde medidas para a passagem, diferente do que ocorre no modelo pivotante”, contam.

 

 


 

porta mimetizada na madeira
Fotos: Estudio360

 

Acesso ao lavabo oculto no painel

 

Neste projeto da Base Arquitetura, a porta mimetizada surge como solução para camuflar o acesso ao lavabo, que fica em frente à sala de TV. O modelo de abrir, com 60 cm, fica integrado ao painel e confere um visual estético elegante e bastante agradável.

 

 

 


 

porta sob azulejo
Fotos: Julia Ribeiro Fotografia

 

Escondida sob o revestimento

“Camuflar a porta de acesso é uma ótima solução para quem quer manter a privacidade da área íntima”, comentam Fernanda Nasser e Luiza Amaral, da Concretize Interiores, que assina o projeto deste apartamento. Aqui, a porta tradicional de madeira sólida, com dobradiça de mola, fica totalmente disfarçada sob o extenso painel de azulejos (linha Athos Bulcão, da Portobello). A estrutura da porta foi feita sob encomenda (WMDA), faceada ao painel e possui puxador cava apenas no lado interno.

 

 


 

porta oculta
Fotos: Zé Gabriel Lindoso

 

Painel camufla acesso e destaca o living

Na reforma comandada pelo escritório Helô Marques Arquitetura, a porta pivotante da passagem do hall para o living é blindada e foi revestida com tábuas de carvalho europeu (Neobambu), também usado no piso e no painel. “A do tipo pivotante veda menos que uma normal, assim, é crucial avaliar onde será usada. Embutir o pivô no piso e na marcenaria de cima é estratégia para reduzir os vãos. Sem dobradiças, é perfeita para ficar oculta”, afirma Helô.

 

painel camuflado

 

+ PRA VOCÊ: Bar em casa

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

Minimalista e atemporal

A arquiteta Sabina Kalaoun, do Studio LAK, se muda com o marido…

Reforma completa

Apartamento ganhou ares de casa a pós a reforma que integrou ambientes…

A arte de Basiches

Arquiteto e artista plástico José Ricardo Basiches abre exposição Traços e Contextos…