fbpx

CASACOR 2022

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Edição deste ano, que comemora os 35 anos da CASACOR SP, já tem data e local confirmados para acontecer

 

Conjunto Nacional será sede da CASACOR SP
Fachada do Conjunto Nacional, onde acontecerá a mostra em 2022 | Foto: Ulisses Agnelli/CASACOR

 

A CASACOR escolheu o coração de São Paulo e um dos mais importantes corredores culturais do país para realizar a edição comemorativa de 35 anos da mostra. Depois de deixar o Jockey Club – endereço fixo do evento por muitos anos – e retornar ao modelo itinerante no ano passado estreando o novo Parque Mirante, no Allianz Parque, o evento de 2022 acontece no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista.

 

Um dos mais importantes marcos arquitetônicos da cidade, projetado há 63 anos pelo arquiteto David Libeskind, o Conjunto Nacional é um grande complexo urbano, que mescla espaços residenciais, comercias, serviços e é um polo de arte, cultura e lazer.

 

“Seis décadas depois, o Conjunto Nacional continua em sintonia com as premissas do novo urbanismo e não havia endereço melhor para celebrar uma data tão importante para a CASACOR SP”, afirma Livia Pedreira, Presidente do Conselho Curador de CASACOR.

 

Conjunto Nacional por dentro
O edifício é um dos marcos da arquitetura em SP | Foto: José Cordeiro

 

Com mais de 10.000m² de área construída, a CASACOR São Paulo está programada para o período de 21/06 a 28/08 e vai ocupar o mezanino do complexo, com seus brises inesquecíveis, e o terraço aberto, que já abrigou o legendário restaurante Fasano.
O plano diretor do evento conta com a consultoria do escritório FGMF, que vem inovando a paisagem urbana de São Paulo. A implantação deve surpreender ao acomodar os estúdios e lofts, ilhas de bem-estar e operações de restaurante, bar e café, num espaço tão emblemático da arquitetura moderna.

Infinito Particular

O tema deste ano, “Infinito Particular”, faz referência às casas biográficas que vão além dos estilos. Os curadores de CASACOR, Livia Pedreira, Pedro Ariel Santana e Cris Ferraz, amparados em pesquisas de tendências, convidam o elenco da mostra a refletir sobre a necessidade de projetar ambientes que priorizem o bem-estar físico, mental e espiritual, a harmonia, o equilíbrio e o conforto.
“A casa da era hiperdigital, encerrada em si e hiperconectada, é mais sustentável, diversa, solidária e amorosa. Um refúgio centrado no bem-estar, onde cada pessoa pode imprimir sua história. Cores, arte, móveis, lembranças de família, texturas, plantas, perfumes”, completa Livia.

 

+ PRA VOCÊ: Orgânico em alta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

LEIA TAMBÉM

Minimalista e atemporal

A arquiteta Sabina Kalaoun, do Studio LAK, se muda com o marido…

Reforma completa

Apartamento ganhou ares de casa a pós a reforma que integrou ambientes…

A arte de Basiches

Arquiteto e artista plástico José Ricardo Basiches abre exposição Traços e Contextos…